31/10/2019

Notícias

Segundos anos fazem reflexão sobre o Castelo Interior

“Penso que o coração das pessoas é como um castelo todo de cristal, muito claro onde há muitos aposentos, assim como no céu há muitas moradas, umas no alto, outras embaixo, outras dos lados. E, no centro, no meio de todas está a principal, onde se passam as coisas mais secretas entre Deus e o coração. A porta para entrar nesse castelo é a oração”. (Moradas 1, 1-3)

Baseado neste pensamento de Santa Teresa de Jesus é que os segundos anos refletiram sobre o Castelo Interior, através de uma encenação também baseada na obra “Coração não toma sol” de Bartolomeu Campos Queiroz.